Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cut the crap #2

por Catarina, em 27.06.17

Os Pequenos Almoços

 

Há mais de dez anos que retirei o leite da minha alimentação; Não sei se tenho alguma intolerância porque nunca investiguei, mas desconfio porque tinha sempre dificuldade em digerir o pequeno almoço e os iogurtes do lanche e tinha sempre a sensação de ter comido um boi. Mais do que isto chego a ter dores de estômago e a ficar inchada e com gases, por isso não aturo mais a lactose!

Andei a chá e torradas muito tempo, às vezes durante o verão optava por uma peça de fruta, mas ou tinha fome em pouco tempo ou acabava a exagerar e a enjoar o pão com manteiga.

Agora tenho novas rotinas e opto entre um batido, quando preciso de me despachar de manhã opto por fazer de véspera, ou uma taça de iogurte na hora, quando tenho tempo para comer com calma.

 

Para os batidos uso sempre 1 copo de leite de coco e amêndoa, 1 banana e 1 pitada de canela ou então apenas morangos; Não vario mais porque estes funcionam muito bem, ficam sempre bons e sei que me vai sempre apetecer de manhã. Quando quero reforçar a dose junto 1 colher de sopa de farinha de aveia e fica mais forte.

 

Para as taças tudo depende do que tenho em casa! 

Para base: iogurte bio sem açúcar, ou grego light do lydl ou skyr, de preferência sempre naturais e sem sabores a nada (iogurtes de aromas então sempre odiei!). Depois junto sempre flocos de aveia q.b., frutas (frutos vermelhos, banana ou abacate costumam ser as opções); Dependendo do iogurte posso ter de adoçar e então uso néctar de agave bio. Por vezes ainda junto umas sementes de chia ou papoila.

 

Quando estou em modo férias ou fim de semana então os pequenos almoços ganham vida! Faço panquecas de banana e aveia e como com fruta e iogurte.

A massa das panquecas leva mais ou menos por cada pessoa: um ovo, uma banana, uma chávena de farinha de aveia, ou flocos meio moídos, e uma chávena de leite de coco e amêndoa (ou outro vegetal). Bato à mão e faço as panquecas numa pitada de óleo de coco bio. Com um papel de cozinha humedeço no óleo e vou besuntando a frigideira no intervalo de cada panqueca para assim não ficarem com gordura agarrada.

Como "recheio" gosto de juntar rodelas de banana, morangos, ou pêra; A pêra tem que se lhe diga... inventei esta num dia em que não tinha mais fruta, mas as pêras estavam verdes e rijas; Descasquei-as e salteei ao lume com óleo de coco e canela...fizeram uma calda deliciosa.

Por vezes junto néctar de agave ou até mesmo iogurte natural.

 

Quanto maior for a diversidade melhor, porque não corro o risco de enjoar tão depressa o que me aconteceu sempre até hoje com as outras opções.

Agora quanto ao pão como-o quase como se fosse um bolo: de vez em quando, como se fosse uma pequena asneira! Sei que faz falta à alimentação e que há muitas versões saudáveis; Estou absolutamente fã da versão de alfarroba da padaria do jumbo mas já não é como rotina. Desta forma acabei por retirar a manteiga que também não fazia cá falta e ganhar energia para mais horas porque já não tenho fome tão depressa, apesar de gostar de trincar qualquer coisa a meio da manhã...acho que é mais por hábito!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 27.06.2017 às 09:57

Sim, quando temos tempo os pequenos almoços são umas deliciosas iguarias. Nunca senti dificuldade em processar o leite, mas mesmo assim, vou variando e também faço uns batidos deliciosos =)
Beijinhos
Imagem de perfil

De Catarina a 27.06.2017 às 17:32

Eu até alguns iogurtes processo mal! Batidos só com leites vegetais, e ficam sempre bons :)
beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D