Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Eu, ele, e um roupeiro de duas portas

por Catarina, em 23.10.16

Era uma vez um jovem casal que decidiu arranjar um cantinho seu. Encontrou o ovo, num sítio para lá de feio, mas era um ovinho restaurado e equipado, a um preço que podiam pagar!

O quarto do ovo tinha um roupeiro, daqueles embutidos na parede, com duas portas de deslizar...mas não se enganem, estamos a falar de pouco mais de metro e meio de largura, a dividir por dois, com um varão e duas prateleiras quase ao nível dos tornozelos. Ela sabia que se levasse um terço das suas coisas, ele não teria onde guardar um par de meias.

 

Trataram de arranjar uma cama daquelas com 4 big gavetões debaixo para as roupas da casa, e mais recentemente juntaram ao espólio uma cómoda de quatro gavetas.

Agora, o drama, o horror, a tragédia... Quem fica com as gavetas de cima? Quem fica com as debaixo? Alternamos? Posso empandeirar os sapatos dele para as sapateiras e ficar com as prateleiras para as minhas caixas de sapatos? E sobretudos? Onde acomodo os pobrezinhos? Como enfiar toda uma vida de roupeiro de 4 portas do chão ao tecto, meu e só meu, em 50cm de varão e duas gavetas? Vida dura esta...

 

Pelo menos ele não ousa dizer que eu tenho coisas a mais....Rapaz de juízo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Teresa a 23.10.2016 às 13:48

Mostra bom senso! :P
Imagem de perfil

De Catarina a 24.10.2016 às 08:45

Concordo ;)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D