Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Improviso

por Catarina, em 24.02.17

As coisas improvisadas têm uma beleza própria que eu normalmente falho em ver. Sou uma control-freak assumida, não gosto muito de improvisos, de coisas sem aviso prévio, de desenrascar, não. Gosto de planear, seguir à risca e encarar o resultado como fórmula matemática simples e expectável.

 
Por isto e tudo mais, por todo o turbilhão que se gera dentro de mim quando me alteram os planos fico possessa, irritada, nervosa, ansiosa, e falho em ver que às vezes o improviso sai bem, ou então sai menos mal do que eu temia!
 
Hoje trocaram-me as voltas à hora de almoço, atrasaram-me e atrasei-me, baralhou-se tudo, falharam os planos, e os que não falharam não se sabe bem em que condições foram cumpridos. Corri, fiz correr, stressei, não ouvi o que me disseram, ignorei, fiquei levemente zangada…e tudo isto em fracções de segundo.
 
Pelo caminho, o lado bom deste improviso foi a visita de uma sobrinha emprestada, uma boneca bochechuda, rechonchuda, sorridente e calma, que eu não via há meses e está a crescer a velocidades alucinantes! 

 

 (e pronto, quase me fez esquecer que depois passei quase um quarto de hora às voltas a tentar encontrar lugar para o carro!)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D