Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nós por aí #6 - Florença (III)

por Catarina, em 25.08.17

Dia #4

 

Desde que começámos a planear a viagem que tínhamos em mente visitar os arredores e conhecer a região Toscana. O plano inicial passava por alugar um carro em Florença e ir até San Gimignano e Siena. Todos os dias ao final do dia eu planeava o dia seguinte, e portanto quando chegou à véspera eu já tinha traçado o novo plano.

Quando fiz contas à ideia de alugar o carro fiz o trabalho de casa todo; calculei o preço do carro, as portagens, o combustível, o aluguer de GPS e possivelmente o aluguer do equivalente à via-verde lá; Acrescentei uma cobertura de seguro, e ainda pesquisei as rotas a seguir mas os cálculos já iam longos. Quando pensamos em alugar um carro temos tendência a ver apenas o valor do carro e a esquecer o resto, mas o resto é o que fica bem mais pesado e depois acrescentei a isso o medo que tinha de me perder no caminho e perder tempo precioso, o receio de conduzir nas estradas italianas (eles são simplesmente loucos ao volante e eu nem sou medrosa de condução, pelo contrário) e ainda o facto de ser muito pouco provável que pudesse chegar de carro aos centros dessas cidades e o valor de estacionamento que isso iria acrescentar. Pesquisa vai, pesquisa vem e fomos de comboio até Siena! Tivémos de desistir de San Gimignano mas não trocava Siena por nada!

Saímos cedo em direcção à estação que ficava a uns 5 min do hotel, comprámos os bilhetes e entrámos logo no comboio, bastante confortável para enfrentar 1h e pouco de viagem. A viagem em si é agradável e vamos vendo uns campos de girassóis pelo caminho e uma paisagem simpática após a saída da cidade.

Ao chegar a Siena apanhámos um táxi para o centro; os táxis não podem chegar mesmo à zona que queríamos mas têm locais de paragem e recolha nos limites dessa zona, e o taxista explicou logo isso no início. A deslocação foram cerca de 8€ e uns 10 minutos de viagem, dividido por três foi irrisório e muito mais confortável! 

Siena é uma cidade lindíssima, muito medieval, e muito mais autêntica do que Florença que está muito turística e a rebentar pelas costuras! O inconveniente é que é muito menos plana e andamos constantemente a subir e descer ruas. Chegámos por volta do meio-dia e escolhemos ir logo almoçar para aproveitar bem a tarde. Descobrimos um restaurante muito simpático, Il Bargello, onde comi uns raviolli maravilhosos!

 

DSCN5322.JPG

DSCN5323.JPG

 

DSCN5339.JPG

 

Depois fomos até ao Duomo, onde a fila para os bilhetes era relativamente pequena, sendo que não havia fila para entrar! Foi um alívio porque tinha receio de não conseguir ver nada e ser um esforço em vão. Mas sabia que valeria a pena pelo que tinha lido no meu guia, e o Duomo não desiludiu, bem pelo contrário, foi provavelmente das coisas mais bonitas e magníficas que já vimos! Impressionou até à espinha com os vitrais, os frescos, as capelas, e os painéis no chão em mosaico que estão cobertos a maior parte do ano para evitar que se degradem, e são expostos apenas nesta época de Verão. 

DSCN5353.JPG

DSCN5359.JPG

 

DSCN5362.JPG

DSCN5369.JPG

 

DSCN5397.JPG

 

 

DSCN5394.JPG

 

Ao sair percorremos várias ruas de comércio local e tradicional e não resisti a mais não sei quantas compras!

Descemos uma rampa vertiginosa até à Piazza del Campo, onde vemos o Palazzo Comunale e a Torre dei Mangia. Apesar do calor insuportável a piazza estava cheia de gente nas esplanadas ou a fazer selfies no meio da praça! Nesta altura o calor começava a ameaçar quebrar-nos e voltámos às ruas de sombra que percorremos por mais algum tempo até decidirmos que já ninguém se aguentava nos pés. Apanhámos um táxi na paragem e voltámos à estação e ao comboio até Florença.

DSCN5404.JPG

 

DSCN5416.JPG

 

Umas horas depois de descanso e banhos intermináveis voltámos a sair para o último jantar! Escolhemos um restaurante da nossa rua com bom aspecto que estava sempre cheio e fizémos a última asneira da viagem! Por toda a cidade os restaurantes divulgavam um prato de "Bisteca" que era uma mega costeleta para duas pessoas. Eu e a minha mãe arriscámos e arrependemo-nos....é que não nos passou pela cabeça que aquilo viesse quase em sangue, sem tempero algum, nem sequer sal, e com batatas que deviam estar cozinhadas desde a hora de almoço! Ou foi muito azar, ou o restaurante não era assim tão bom! A salada de legumes grelhados que pedimos à parte foi o melhor do jantar; Regressámos ao hotel e estivémos algum tempo no bar, que estava aberto só para nós, e portanto foi gargalhada de meia noite. Quando íamos subir para o quarto a luz foi abaixo na cidade, estivémos uns 3 minutos completamente às escuras e depois voltou.... o cansaço congelou-nos o cérebro e arriscámos ir de elevador mesmo assim; podia ter corrido bem mal mas depois de dois solavancos inesperados o elevador lá parou no andar certo... Ao chegar à porta lembrei-me que a chave tinha ficado na recepção e portanto desci cinco andares a pé e voltei com a chave pelo mesmo caminho depois de o recepcionista da noite ter exclamado um "Mamma Mia" pelo susto que lhe preguei ao aparecer pelas escadas atrás da recepção!!!

 

continua...

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 25.08.2017 às 16:05

Foi uma cidade que adorei conhecer! Que bom recordar estas imagens =)
Beijinhos
Imagem de perfil

De Catarina a 25.08.2017 às 16:52

Estava nos planos há tanto tempo que quando lá cheguei nem acreditava que era verdade!
beijinhos
Imagem de perfil

De David Marinho a 26.08.2017 às 12:08

Tenho de lá ir, está visto :P
Imagem de perfil

De Catarina a 28.08.2017 às 08:57

Vale a pena!
Imagem de perfil

De João Freitas Farinha a 25.10.2017 às 21:28

Bisteca! nham nham
Imagem de perfil

De Catarina a 26.10.2017 às 09:24

Claramente a tua bisteca foi uma experiência muito melhor que a minha!!
Imagem de perfil

De João Freitas Farinha a 26.10.2017 às 13:34

É um bife... desde que seja boa carne e bem grelhado, não há muito que enganar.Tiveste azar, claramente, hehe.

Com a quantidade de post que tenho planeados... Só vais saber o que achei de Siena daqui a uns 10 anos

(Spoiler: Concordo com tudo o que dizes neste post - excepto a bisteca, claro)
Imagem de perfil

De Catarina a 26.10.2017 às 14:07

É uma mega costeleta! Senti-me intimidada assim que a vi.... em sangue; E depois...a falta de sabor... nem sal aquilo tinha levado; Mas enfim, 'bistecas' passadas!

Ohhh não sei se aguento dez anos!

(fair enough!)
Imagem de perfil

De João Freitas Farinha a 26.10.2017 às 14:13

Bem eu também admito que gosto de carne mal passada (não é o caso de toda a gente). Ms realmente foi dos bifes mais saborosos que comi.É porque foste mesmo aldrabada!

Pronto, talvez consiga em 9 anos. Vou ver o que consigo fazer...
Imagem de perfil

De Catarina a 26.10.2017 às 16:41

Pois, eu não alinho em carne mal passada e sem sabor... se vou comer carne tem de valer a pena

Upa...9 anos muito melhor ufa ufa!!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D