Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quando as nossas amigas são mães...

por Catarina, em 27.04.17

E nós começamos a ser a tia...

 

O ano passado fartaram-se de me nascer bebés em volta! Foram pelo menos três meninas, assim de repente, e eu não estava preparada para isto.

Já desconfiava que isto da maternidade devia dar a volta ao miolo, mas nunca pensei que ia ver as pessoas mudarem tanto, e fazerem muito daquilo que disseram que quando tivessem filhos não iam fazer! Penso  para mim, mais vale ficar calada e nunca dizer "Desta água não beberei", porque elas andam todas a ir lá parar.

Mudanças mais ou menos irritantes são:

1 - Contam a idade da criança em meses; Tudo bem, algumas ainda não têm um ano, mas e depois? Quem é que, não sendo mãe, não tem de fazer logo uma data de contas de cabeça ao ouvir um "17 meses e três semanas"??

 

2 - Falam de xixis e cócós como se não houvesse amanhã; É um tipo de conversa que começa a ser-lhes natural, e pode ocorrer mesmo durante uma refeição, para mal dos meus pecados algumas vezes com demasiado pormenor e em tom de comparação.

 

3 - Lingerie passou a ser soutiens de amamentação, e ganham todo um novo léxico que incluí "discos", não são daqueles para ouvir música infelizmente, "compressas", "toalhitas" e coisas que tal.

 

4 - A televisão passou a ser dominada pelo canal Panda e o Baby TV; Já têm nos smartphones toda esta tralha à mão para entreter os putos a todo o momento e o próximo concerto/festival agendado é o do Panda. Daqui a uns anos o rádio do carro vai provavelmente tocar a Violeta, quem quer essa senhora seja.

 

5 - Falam dos desenhos animados que os miúdos vêm como se estivessem a discutir as séries da Fox... ou seja, até já sei mais ou menos o que é a Patrulha Pata, mas prefiro falar do último episódio do This is Us sem os cães a atropelarem a conversa. (Pausa para dizer que as primeiras vezes que ouvi o nome achei que tinha mesmo algo a ver com patos...)

 

6 - Começam a conversar connosco, não mães, naquele tom "oh aproveita a vida enquanto podes, viaja e gasta em sapatos enquanto podes porque depois é a desgraça e só vais ler folhetos do continente para saber onde há fraldas em promoção", seguido de um "ah mas enquanto não fores mãe não podes compreender o que é, é espectacular". (Lembro-me sempre daquela cena do Sexo e a Cidade quando a amiga da Carrie não lhe quer pagar os Manolos de 400$ porque como tem filhos  não compreende como alguém gasta aquele valor em sapatos!)

 

7 - Por mais que tentem todas as conversas a partir do momento em que o teste deu positivo vão ser sobre bebés...

 

8 - Quando se juntam todas parece que nós, não mães, acabámos de sair do infantário e não conseguimos acompanhar a conversa....porque não temos filhos!

 

9 - Aquela frase do..."Quando fores mãe vais perceber"...

 

Posto isto, alguém sabe como sobreviver à maternidade alheia?! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De T. a 27.04.2017 às 16:00

Ter paciência...eu sei o que é isso, fui a "tua pessoa" até a 2 meses atrás! Mas realmente é inevitável...depois de se ficar gravida ninguém é mais a mesma pessoa!

beijinho
Imagem de perfil

De Catarina a 27.04.2017 às 17:32

Pois...já ouvi dizer! ;)
beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D