Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reading #10

por Catarina, em 12.05.17

História de Quem Vai e de Quem Fica, Elena Ferrante

 
Aviso à navegação: talvez esteja a ser repetitiva mas adoro esta mulher! Elena Ferrane entrou para o meu top de leituras e não há-de sair de lá jamais. 
 
Spoiler Alert! Vou continuar a deixar escapar coisas…
 
 
Em relação aos anteriores acho que este livro tem uma camada maior de história política e deixa definitivamente os limites de Nápoles.
Passamos a saltitar entre cidades: Nápoles, Milão e Florença, como se em cada volume a autora fosse alargando a área e introduzindo uma nova cidade.
 
N' “A História do Novo Nome” vemos Elena sair do bairro e deixar para trás a sombra das influências de Lila, mas neste acabamos por assistir a uma recaída acentuando a dicotomia de amor/ódio da sua amizade. Lentamente volta quase a ser a “velha” submissa Lenú mas consegue parar antes de cair totalmente.
 
Sabemos que casou com Pietro sem o amar verdadeiramente, mais não seja porque sabemos que ama Nino desde as primeiras linhas e não irá nunca esquecer essa ligação. Só não esperava ver o concretizar desse amor infantil e adolescente assim de repente. Achei de facto que iria ler o acalentar desse sentimento até à última linha sem que a protagonista o vivesse. Gostei que assim não fosse porque é mais um sentimento com que me identifico: o da “espera recompensada”, e não há nada melhor do que viver algo que se desejou por tanto tempo, independentemente do resultado, tudo é melhor que a incógnita de não o viver; Porque há histórias que simplesmente têm de ser vividas.
Embora esteja a adorar esta reviravolta inesperada não confio em Nino, e receio que a qualquer momento Elena dê um trambolhão com isto tudo. 
 
Quanto a Lila senti que deixou que Elena a ajudasse, a sugasse ao desespero em que vivia mas depois sentindo-se diminuída tornou-se novamente má, vingativa. Quase nunca bem doseada, a amizade das duas vive daquilo que não dizem, que calam e guardam, numa constante competição imposta doentiamente por Lila.
 
Vou fazer um esforço para ler o próximo mais devagar, para saborear e reflectir com mais tempo, porque esta loucura que me leva a consumir os livros como se não existisse mais nada no planeta deixa-me infeliz quando chego ao fim e vejo que acabou. 
 
PS: Ando desdo o dia 2 de Maio para publicar isto mas esqueci-me de tirar a fotografia, e como acabei de ler o livro numa varanda algarvia não vai dar para voltar lá e fazer a foto! Fica para a próxima.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D