Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Acertar no poste

por Catarina, em 03.02.18

Quando se acerta no poste é sinal que se esteve perto, mas se ficou ao lado, aquém; Ou, de forma mais pragmática, se de facto não se acertou é porque se falhou. E eu já comecei a falhar.

 

Este ano começou mal, e portanto coisas como objectivos foram escritos muito mais tarde e ficaram nas últimas folhas da agenda.... Escrevi 10 se não me engano, mas não me lembro de todos. Lembro-me que os escrevi por ordem de importância e que num dos lugares de topo estava um "deixar de roer unhas, peles e afins". Sim, eu, roedora, novamente me confesso.

 

Desta vez a meta era fazer progressos até Fevereiro, e durante o segundo mês do ano começar o caminho de regresso do fim da linha.

Pois, mas tal como há um ano life happened e estou, novamente, na pior das fases. Se a do ano passado era má, esta ou foi pior ou igualmente merdosa. Consegui ainda assim aguentar uma semana com as unhas arranjadas e sem ataques furtivos...já as peles... bem, não falemos de coisas tristes. 

 

Não dou este caso por encerrado, e desistir não faz parte de mim, portanto resta-me refazer o plano para este mês e o próximo, aproveitar que a vida parece estar a endireitar-se e dar um boost a tudo, unhas incluídas... é que me fazem uma falta para descascar tangerinas que nem vos conto!

 

Para além deste acerto no poste o plano de leituras também está fraco e estou a contar que findo o curso (já na próxima terça, iupiiii!) o tempo que me vai sobrar seja melhor empregue.

Claro que tenho sempre medo desta minha cabeça de ideias loucas e projectos megalómanos e tenho sempre medo de continuar a mergulhar em coisas até ficar debaixo de água. Portanto o maior esforço é mesmo tomar conta deste cérebro hiperactivo e não me deixar atropelar a mim própria... para parar de acertar ao poste.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Happy a 03.02.2018 às 11:18

Já experimentaste fazer umas unhas de gelinho? Deve ser mais difícil de roer, não?
Imagem de perfil

De Catarina a 03.02.2018 às 15:23

Já! Infelizmente o gelinho é quase tão fácil de tirar como o verniz normal... até ja fiz mesmo de gel, daqueles que fica uma camada tão forte que parece que temos próteses na ponta dos dedos..... demorou uns dois meses, mas dei cabo desse também Comigo só um dispositivo mecânico que me dê uma trolitada assim que levantar o dedo

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D