Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Coming back

por Catarina, em 27.08.18

Regressei, doeu. Estranhei, depois entranhei.

 

Fiz do fim-de-semana quase tudo o que podia! Estiquei-me para chegar a todos os cantos. Aproveitei o melhor que consegui. Descansei, conversei, saí e entrei, voltei à praia, comi saladinhas e bebi litros de chá frio. Não fiz muitos disparates no que toca a comida, e fui à praça no domingo. Quando era miúda ir à praça significava um tour em família com a minha avó a correr as bancas todas para encontrar o melhor peixe para a caldeirada. Basicamente, era uma seca, e a praça de Setúbal era enorme aos meus olhos! Hoje em dia ir à praça é um programa que gosto de fazer. Mesmo acordando tarde e chegando lá ao meio dia, encontro tudo o que quero, e tenho imensa vontade de comprar coisas boas. Também me dá a sensação de menor desperdício; Consigo encontrar o que quero, trago a quantidade que quero, e levo um saco grande para ir arrumando tudo. Ainda não cheguei ao meu objectivo que é lembrar-me de levar também os sacos pequenos para separar a fruta.... já é uma sorte lembrar-me dos grandes com esta cabeça de nabo que tenho.

 

Hoje o despertador tocou às 7:20. A minha vontade de sair da cama era nula. A de começar um novo projecto ainda menor. Mas cá estamos.... O fim de semana deu-me o alento que não tive a semana passada. Relembrou-me certezas, explicou-me porque fiz certas escolhas e porque as mantenho, e dissipou-me algumas dúvidas que tinha em nuvens sobre a cabeça.

 

Este ano não está a ser o que esperava. Está a por-me à prova e eu estou a aguentar-me mal nas curvas. Como tenho o cérebro formatado para começar o ano em Setembro, por estes dias os pensamentos são mais de balanço do que vivi desde Janeiro até agora, e como endireitar o barco até ao final do ano a sério! Muitas coisa nesta cabeça, como sempre... Deixei o yoga onde ia porque não estava a encontrar tempo para lá ir. Deixei a hidroginástica pela mesma razão e mais qualquer coisa. Mas não quero voltar a estagnar, portanto tenho de pensar em alternativas. Já sei por esta altura que vou falhar alguns daqueles "planos" de ano novo, mas quero, para mim própria, justificar essas falhas com alterações nos planos que acrescentem valor. Talvez seja ambiciosa, mas gosto de viver com sentido, com plano, com caminho definido, sabendo que aproveitei e fiz tudo o que queria ou que podia. Vou trabalhar nisto por agora.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De João Freitas Farinha a 27.08.2018 às 10:37

ahaha. Eu também tinha de acompanhar a minha avó na sua visita semanal à praça de Setúbal. Na altura achava uma seca, agora lembro-me desses tempos com alguma saudade...
Imagem de perfil

De Catarina a 28.08.2018 às 09:22

Já somos dois! Mas na época era o pior que me podiam fazer

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D