Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Compras com cabeça

por Catarina, em 05.12.18

Nos últimos anos aproveito sempre a black friday para qualquer coisa, especialmente para aquelas prendas de natal que já tenho escolhidas e que portanto aproveito um descontinho, seja lá qual for!

 

Normalmente compro online, porque não sou fã de confusão nem multidões e deixam-me ansiosa e claustrofóbica.

 

Este ano aproveitei para despachar duas prendas para oferecer, e uma outra para a minha avó me oferecer a mim (sim porque a minha avó gosta de dar “coisas” e não só dinheiro, gosta que haja qualquer coisa palpável a passar de uma mão para outra). Não resisti a mais duas peças de roupa que davam jeito e de resto fechei a loja. 

 

Por acaso nesse fim de semana aproveitei para fazer uma encomenda há muito adiada mas que não teve nada a ver com a black friday! Numa conversa com colegas há uns meses descobri a Saponina, uma marca de produtos de higiene 100% natural desenvolvida pela Liliana Dinis. A filha da Liliana tinha uma pele atópica e fazia alergia a todos os cosméticos recomendados pelos dermatologistas, o que a impulsionou a criar sabonetes ricos em azeites e manteiga naturais e mais tarde alargar a produção a outros produtos. Mais do que isso desenvolveu uma consciência ecológica da marca e procura criar tudo em versão sólida para assim reduzir o recurso a embalagens de plástico contribuindo para um planeta mais sustentável. (Recentemente encomendei alguns produtos naturais num site, mas depois apesar de todo os cuidados deparei-me com um sem fim de embalagens de plástico, e senti-me algo defraudada e desiludida comigo mesma porque me tinha escapado esse pequeno grande pormenor!)

 

Assim que contactei a primeira vez para saber mais alguns pormenores percebi imediatamente que isto não era só mais uma marca, era "A" marca desenvolvida com mais carinho e mais cabeça que podia imaginar. Transborda nas comunicações que faz o empenho e a dedicação, e é algo que se sente, não se explica.

 

Aproveitei a encomenda, e para além dos produtos que queria experimentar mandei vir 3 que serão para oferecer no Natal. Os preços são acessíveis, e a ideia de oferecer aquela “lembrança” a alguém, que acabamos por despachar com uma vela ou uma “cena” qualquer numa grande superfície para ficar barato, deixou de me fazer sentido, se tinha uma alternativa à mão tão simples e tão mais significativa. 

Mais ainda, esta é uma compra sustentável pois é dinheiro que fica na nossa economia, como se tivesse comprado num comércio local, e assim acaba por ser uma forma de ajudar os produtores e as economias locais!

Ainda não posso falar dos produtos em si porque a encomenda ainda não chegou, mas vejam o catálogo aqui e digam se não é de babar...

 

Este ano quero tentar, à excepção das "encomendas" já previstas, comprar o máximo de prendas em comércios locais, e não estou nada mal, até agora diria que 50% das prendas que comprei foram assim, o que em relação a outros anos é um avanço e tanto!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D