Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



IRS Solidário

por Catarina, em 18.04.18

Que o IRS é uma seca das antigas, ninguém tem dúvidas. 

 

Ainda que o processo tenha vindo a simplificar, não deixamos de nos preocupar com os papéis, as datas, e as contas a bater certo.

 

Para além disso há aquela vertente de poder fazer alguma coisa de bom, com uma parte do dinheiro que sendo nossa não nos pode ser devolvida, e que podemos evitar que volte aos cofres do estado! 

 

Para isto basta escolher a entidade que vai receber a consignação de 0,5% do nosso IRS liquidado, entre instituições religiosas, IPSSs, Pessoas colectivas de utilidade pública e/ou de fins ambientais (podem encontrar aqui uma lista de entidades autorizadas); No preenchimento devemos identificar a escolha no quadro 11 do modelo 3 (rosto) e indicar o NIF da entidade.

 

Esta consignação não tem custos para nós contribuintes, e mesmo sendo uma gota no oceano é um passo numa qualquer direcção certa!

 

A primeira vez que fiz o IRS deixei escapar a oportunidade, mas desde então já escolhi a Amnistia Internacional, a Associação Salvador e a operação Nariz Vermelho. Umas vezes penso que associações mais pequenas podem beneficiar mais deste valor, e que o mesmo se dilui em organizações muito grandes pois têm necessidades mais avultadas, mas seja qual for a escolha, é uma escolha certa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


1 comentário

Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 27.04.2018 às 22:55

O nosso costuma ir para o Apoio à Vida. Mas concordo que qualquer destino solidário é bom!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D