Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O segredo do tempo

por Catarina, em 08.08.18

Quando entro de férias fico instantaneamente com “tempo”; no limite espero um dia ou dois, entre mudar de poiso e arrumar a tralha até estabilizar. Nesse momento fico com tempo e quero fazer tudo nesse tempo. Quero dormir até tarde e acordar cedo, tomar o pequeno almoço cedo e caminhar, cedo; Quero ir para a praia e para a piscina; Quero ler ao sol e à sombra, e quero dormitar como se tivesse tempo. Quero ir à água, dar braçadas, ficar de molho. Quero tudo, basicamente. Ainda quero fazer algum exercício ao final do dia, e também quero jantar cedo. Quero deitar-me tarde, escrever, ficar a ler, e no cúmulo levantar-me cedo no dia seguinte.

É um pouco ridículo que o facto de ter tempo acabe por me dar a sensação que o tempo não chega para tudo, e por mais que tente fazer tudo quanto meto na cabeça, algumas vezes sou forçada a escolher. Mas enfim, quando há tempo, a escolha não é mais do que adiar algo até daí a umas horas, ao dia seguinte. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Nuno a 08.08.2018 às 19:12

E como é bom poder ter tempo para fazer tudo e fazer nada durante o tempo que nos apetecer

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D